Celular Seguro: programa se aproxima da marca de 11 mil aparelhos bloqueados; São Paulo, Pernambuco e Bahia lideram números

O programa Celular Seguro chegou ao patamar de 10.552 aparelhos bloqueados até a manhã desta sexta-feira, desde o seu lançamento no fim do ano. No total, são 1,17 milhão de usuários cadastrados até o momento, de acordo com balanço do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

O projeto foi criado para agilizar o processo de bloqueio de aparelhos celulares e aplicativos de bancos após roubos e furtos. O governo também acredita que essa estratégia pode ajudar na prevenção desses crimes.

Qualquer pessoa pode registrar os aparelhos pelo site celularseguro.mj.gov.br ou por aplicativo, que pode ser baixado na Play Store (para Android) e na App Store (para iOS).

Dos 10,5 mil bloqueios, 43% foi devido a roubos dos smartphones e 31% devido a furtos. Outros motivos incluem, por exemplo, bloqueio por perdas.

Do dia 01 a 11 de janeiro de 2024, os bloqueios ocorrem no intervalo de 200 a 450 por dia. O pico foi no ano passado, com 1.113 registros no dia 20 de dezembro, logo após o lançamento.

No momento, São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia lideram em números de smartphones bloqueados.

SP: 2.755;

RJ: 1.308;

BA: 781;

PE: 781;

MG: 622.

Fechado para comentários

Veja também

Após transplante de rim, Faustão segue em observação; saiba qual estado de saúde do apresentador

Qual o estado de saúde do apresentador Fausto Silva? Internado desde o último domingo (25)…