Caso Beatriz: Suspeito de assassinar garota diz que nunca entrou no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora

Um áudio  divulgado na noite de segunda-feira (14), por um jornal do Recife, apresenta uma declaração do homem suspeito de assassinar Beatriz Angélica Mota, 7 anos.

De acordo com o áudio,  Marcelo Silva, 40 anos, se nega a participar da reconstituição do crime, realizado na semana passada, diz é inocente e declara que não entrou no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora no dia do crime.

“Eu sou inocente, mas fazer reconhecimento ‘deu’… se eu ‘tô’ na televisão 24h e a pessoa que vem me reconhecer, vai dizer: é esse aí. Não tô na televisão? Reconstituição eu não faço do que eu não fiz não. Pode até bater ‘neu’ virar a ‘peste’. Como é que eu vou fazer se eu não entrei na escola? Se quiser fazer na pancada, me arrastando, faça. O reconhecimento eu faço, agora a reprodução do que eu não fiz, eu não faço não. Quero participar é de nada. Eu sou inocente e pronto”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…