Caso Beatriz: após transferência de presídio, custódia de Marcelo da Silva ficará sob responsabilidade da justiça de Recife (PE)

Suspeito do assassinato da menina Beatriz, Marcelo da Silva foi transferido para o presídio de Igarassu. O juiz de Petrolina havia determinado a transferência do preso para o presídio de Petrolina.

O Governo do Estado, no entanto, prestou informações ao juiz e afirmou que a transferência de Marcelo para Igarassu foi por não ser recomendável o suspeito ficar preso na mesma cidade em que cometeu o crime, por ser um delito de grande repercussão social.

Com a mudança do local de prisão, a responsabilidade sobre a custódia de Marcelo não será mais da Vara de Execução Penal de Petrolina, e passa a ser de responsabilidade da 1ª Vara Regional de Execução Penal do Recife. Assim, todas as decisões sobre Marcelo caberão agora a outro magistrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

“ExpoRajada fecha oficialmente o ciclo junino de Petrolina com chave de ouro”, diz prefeito Simão Durando

Com sucesso de público, a 9ª edição da Feira de Exposição de Caprinos e Ovinos de Rajada (…