Carnaval movimenta mais de R$ 35 milhões na economia de Petrolina

Durante quatro dias, o Carnaval de Petrolina lotou as ruas da cidade, atraiu turistas e aqueceu a economia local. A festa de momo movimentou e impulsionou os setores de eventos, serviços, hotéis, bares, restaurantes e o comércio informal, consolidando-se como uma verdadeira festa de oportunidades e investimentos. De acordo com o balanço divulgado pelo prefeito Simão Durando, nesta sexta-feira (16), foram injetados mais de R$ 35 milhões na economia da capital sertaneja.

Mais de 120 mil foliões marcaram presença na festa carnavalesca que contou com mais de 60 atrações, sendo 52 atrações locais, valorizando a cultura local e apoiando os artistas do Vale do São Francisco. Neste ano, o Carnaval homenageou as batucadas, trazendo Vera de Maria Maga e Ferreirinha, como rainha e rei, figuras marcantes da cultura petrolinense. A folia aconteceu nos polos 21 de setembro, Orla e Matingueiros.

“O Carnaval de Petrolina foi um verdadeiro sucesso, atraiu centenas de turistas de várias regiões e provou, mais uma vez, que o petrolinense gosta de Carnaval. Para além de uma festa mais tranquila, da paz, com famílias, crianças e idosos brincando nas ruas e com atrações artísticas, o período momesco também é de oportunidades, principalmente no que diz respeito à economia. É responsável por gerar empregos e oportunidades para pequenos e grandes negócios. É desenvolvimento econômico e geração de renda”, pontuou o prefeito Simão Durando.

Economia: De vendedores ambulantes a produtores de fantasias, todos contribuíram para o sucesso e o recorde na movimentação da economia, que neste ano contou com um aumento de 19% em relação a 2023.

O Carnaval de rua também abriu portas para trabalho e renda. O município registrou mais de 200 barraqueiros e ambulantes, impactando mais de 800 pessoas atuando no comércio informal durante os dias de folia.

Turismo: Tradicionalmente, a festa ajuda a ampliar o potencial turístico e impulsiona empreendedores, que consideram o Carnaval uma das principais fontes de rendimento no primeiro trimestre. Aproximadamente 21 mil turistas visitaram Petrolina durante o carnaval.

A rede hoteleira registrou uma ocupação de 96%, que além da festa, aqueceu e valorizou as potencialidades do Vale do São Francisco. Somente no período, houve uma movimentação de 11 mil pessoas no aeroporto da cidade. E no terminal rodoviário, cerca de 10 mil pessoas desembarcaram no local.

Nesta edição, uma das novidades foi a implantação do CAT – Centro de Atendimento ao Turista no Carnaval, situado no Polo 21 de Setembro, com divulgação de rotas turísticas, folhetaria e orientações para os visitantes.

Segurança e Saúde: a festa da capital sertaneja foi marcada por muita paz e tranquilidade. Apenas 5 ocorrências foram registradas nos 4 dias de folia. Uma redução de ocorrências em 81,5% comparado com o ano anterior.

Apenas seis atendimentos foram realizados pelo SAMU em todo o período de carnaval, o que representa uma redução em 62% dos atendimentos comparados com o ano anterior.

Fechado para comentários

Veja também

Simão Durando anuncia projeto de pavimentação em 16 bairros de Petrolina (PE); veja se o seu está na lista

O prefeito Simão Durando anunciou nessa terça-feira, (23) durante participação no Programa…