Canadá: Quebec proíbe venda de maconha e álcool a não vacinados e vacinação aumenta 400%

O número de pessoas que estão agendando e procurando pontos de vacinação contra a Covid-19 quadriplicou na província canadense do  Quebec.

De acordo com o  Ministro da Saúde, Christian Dubé,  houve aumento de mais de 400% de vacinação da população após a proibição da venda de  álcool e maconha  aos não vacinados. Vale ressaltar que a comercialização da maconha para fins recreativos é legalizada no Canadá desde 2018.

Conforme o novo decreto da província, a  partir da próxima terça-feira (18/1), as pessoas que não estão imunizadas serão proibidas de entrar nas lojas associadas à Sociedade de Álcools do Québec (SAQ) e Sociedade de Cannabis do Québéc (SQC), órgãos que controlam a venda de álcool e maconha na região.

 A província também vai  cobrar imposto dos adultos que se recusam a tomar vacinas contra a COVID-19, que seria chamado de “contribuição de saúde”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Após ato em Recife, Caruaru e Petrolina, Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco realiza último protesto em Porto de Galinhas

Após ato em Recife, Caruaru e Petrolina, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco rea…