Campanha Natal Sem Fome é retomada após 10 anos; Petrolina conta com sede no Centro

2

Após 10 anos da última edição da Campanha Natal sem Fome, a ONG Ação da Cidadania em parceria com a Unesco e outras instituições retoma a iniciativa com comitês espalhados por todo país, devido o crescimento da pobreza no Brasil. De acordo com o coordenador da Campanha em Petrolina, Julio Lossio Filho, o objetivo é criar uma grande rede de solidariedade e de fraternidade para transformar o natal de muitas famílias petrolinenses que ainda vivem em condição de vulnerabilidade fazendo para elas um natal mais feliz.

A sede da Campanha Natal sem Fome, localizada na Praça Dom Malan, Edifício Manain, Térreo, nº 27, no centro de Petrolina, foi inaugurada neste domingo (05) e vai funcionar todos os dias em horário comercial até o dia 20 de dezembro.  “A ideia é pulverizar a Campanha pela cidade, cada pessoa pode ser um arrecadador, além dos pontos de coletas espalhados pelo município para auxiliar na arrecadação dos alimentos.”, explica Lossio Filho.

Ele ainda afirma que a distribuição será realizada através de parceiros, os quais já realizam trabalhos sociais na cidade, e que já estão procurando o comitê da Campanha. “O intuito é promover a união de toda sociedade em prol do combate da dor da fome, um dor que é tanto física como emocional e machuca as pessoas por não ter o que comer, como por não ter o que colocar no prato do seu filho”, relatou.

2 Comentários

  1. Verdadeiro

    7 de novembro de 2017 em 02:05

    Isto tem cheiro de candidato a deputado estadual próximo ano. Afinal, filho de Lóssio, Lossinho é!!!

    Bondade demais tem sinal de que deseja algo em troca e pelo o jeito ele desejará o seu voto nas próximas eleições.

    Responder

  2. Maria

    7 de novembro de 2017 em 10:58

    Engana que eu gosto. O objetivo é político-partidário. Usar essa campanha para ganhar algum benefício político para ele e o pai, as eleições estão se aproximando.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dengue pode fornecer anticorpos contra Covid-19, aponta pesquisa brasileira

Em um estudo que buscou identificar as características da propagação do novo coronavírus n…