Câmara protocola CPI do Vazamento de Óleo em meio a crise no Nordeste

A Câmara dos Deputados, por meio do deputado João Campos (PSB-PE), protocolou na tarde desta quarta-feira (23) a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as causas do vazamento de petróleo que atinge a costa nordestina.

Até a noite da terça-feira (22), o deputado tinha recolhido mais de 230 assinaturas de parlamentares da oposição, “centrão” e partidos mais alinhados a Jair Bolsonaro. “A gente quer dar um protagonismo à Câmara nesse momento, entendendo que é fundamental um espaço que crie soluções e que tente ajudar o Nordeste.”, afirmou João Campos à CartaCapital.

O deputado afirmou que a CPI quer estabelecer linhas de investigação para encontrar a fonte originária do vazamento, mas também acompanhar o que foi feito pelas autoridades para mitigar os danos. Até o momento, as investigações do governo federal são inconclusivas em relação à fonte dos vazamentos.

De acordo com a Marinha brasileira, mais de 900 toneladas de resíduos foram recolhidos até o momento. Na última atualização divulgada pelo Ibama, 200 localidades do litoral nordestino já tinham sido atingidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco confirma 1.038 novos casos e 34 mortes pela Covid-19

Pernambuco registrou, nas últimas 24 horas, 1.038 casos da Covid-19. Entre os confirmados …