Cachorro morre em voo, e Latam suspende transporte de pets no porão das aeronaves

A Latam decidiu suspender a venda para transporte de pets no porão das aeronaves após a morte de um american bully, no último dia 14.

Weiser seguia de Guarulhos (SP) para Aracaju (SE), mas chegou morto ao destino. A empresa aérea afirma que laudo emitido por clínica veterinária mostra que o cachorro roeu o kennel de madeira em que estava e se asfixiou. Diz ainda que a caixa estava em concordância com o processo de transporte de animais da companhia.

João Galhardi, cunhado do tutor, afirma em rede social que o pet era tranquilo e que ficou muitas horas dentro da caixa, sob alta temperatura. Foi a segunda morte em um mês. Em setembro, um golden retriever não resistiu após viagem entre São Paulo e Rio. A suspensão do transporte, porém, foi definida só neste mês.

A irmã do dono do animal postou um vídeo nas redes sociais no momento em que família soube da morte de Weiser.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco registra 450 novos casos e seis mortes por Covid-19 nas últimas 24h

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (8), s…