Brasil registra mais de 1 milhão de casos de dengue em 2024

O Brasil ultrapassou a marca de 1 milhão de casos prováveis de dengue registrados em 2024, segundo dados do Ministério da Saúde. No total, são 1.017.278 casos prováveis, com 214 mortes confirmadas pela doença. Outros 687 óbitos estão em investigação.

Minas Gerais lidera em número absoluto de casos prováveis (352.036) entre os estados. Quando se considera o coeficiente de incidência, o Distrito Federal aparece em primeiro lugar: 3.612,7 casos por 100 mil habitantes.

Entre os casos prováveis, 55,4% são de mulheres e 44,6% de homens. A faixa etária dos 30 aos 39 anos responde pelo maior número de ocorrências de dengue no país, seguida pelo grupo de 40 a 49 anos e de 50 a 59 anos. O coeficiente de incidência da dengue em todo o país é de 501 casos para cada grupo de 100 mil habitantes no momento.

Historicamente, os picos das epidemias de dengue costumam acontecer entre os meses de março e abril, mas neste ano alterações na temperatura e no período de chuvas provocadas pelo aquecimento global e os sorotipos da doença em circulação impulsionaram mais cedo o aumento de casos. No mesmo período do ano passado, o país registrou 207 mil casos de dengue.

A marca de 500 mil casos prováveis havia sido superada em 12 de fevereiro. A ministra da Saúde, Nísia Trindade, projeta que o Brasil poderá ter neste ano o dobro de casos de dengue registrados em 2023, que chegou a 1.658.816 casos.

Fechado para comentários

Veja também

Simão Durando anuncia projeto de pavimentação em 16 bairros de Petrolina (PE); veja se o seu está na lista

O prefeito Simão Durando anunciou nessa terça-feira, (23) durante participação no Programa…