Brasil reduz taxa de homicídios em 18,3% em uma década, aponta Atlas da Violência

A taxa de homicídios no Brasil caiu 18,3% entre 2011 e 2021, período em que dados oficiais registraram o assassinato de 616.095 pessoas – o equivalente a cidades como Joinville (SC) ou Feira de Santana (BA), ou uma capital como Aracaju (SE).

As estatísticas foram divulgadas nesta terça-feira (5) pelo Atlas da Violência 2023, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Em 2021, foram registrados 47.847 homicídios no Brasil pelo Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, o que corresponde a uma taxa de 22,4 mortes por 100 mil habitantes (esse cálculo permite a comparação entre territórios de países e estados com diferentes populações).

Pela série histórica do Atlas da Violência, trata-se do segundo menor índice desde 2011 – a melhor marca foi registrada em 2019.

Como observa o estudo, a redução das taxas de homicídio ocorreu em quase todas as regiões brasileiras, à exceção do Norte, território que tem vivido uma sobreposição de antigos problemas socioeconômicos, como regularização fundiária e crimes ambientais diversos, a novas questões da violência associada ao narcotráfico.

Fechado para comentários

Veja também

Polícia prende suspeito de espancar até a morte torcedor do Santa Cruz em maio de 2023

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu, nesta quinta-feira (29), mais um homem suspeito de …