Brasil negocia aviões para ir à Índia buscar doses da vacina de Oxford

Em meio às críticas de atraso para definir o “dia D” e a “hora H” para início da vacinação, o governo negocia aviões para buscar as doses das primeiras vacinas de Oxford que devem ser aplicadas no Brasil e também insumos para produção de novos imunizantes contra a Covid.

A ideia é enviar dois Boeings para trazer o material. Um deles iria à Índia para pegar as 2 milhões de doses prontas que devem ser entregues pelo Serum Institute, um dos centros vinculados à AstraZeneca para produção da vacina de Oxford. Já o outro iria à China para buscar a matéria prima que deve ser usada para produzir as demais doses no Brasil, por meio da Fiocruz, que tem um acordo com a farmacêutica.

Integrantes da Saúde querem que o avião que vai buscar as doses já prontas parta até sexta-feira (15), segundo a reportagem apurou. Já a Fiocruz informou oficialmente que a expectativa é de que a chegada das vacinas ocorra “ainda na próxima semana”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Prestadores de serviços turísticos podem se inscrever gratuitamente no Cadastur

A secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Petrolina, incentiva empresários e …