Brasil ganha 4,3 milhões de eleitores desde 2020

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registra atualmente 152 milhões de brasileiros aptos a votar. O número é 2,9% maior que a quantidade de eleitores em 2020, quando 147 milhões de pessoas podiam ir às urnas.

Esse também é o patamar mais alto desde 2008, ano do primeiro registro histórico listado nas estatísticas do TSE. Nesses últimos 14 anos, o número máximo de eleitores havia sido alcançado em 2019 — 147,8 milhões.

A evolução do número de aptos ao voto só registrou queda em 2020, quando houve redução de quase 2 milhões de votantes em relação ao ano anterior. A maior parte da população habilitada ao pleito de outubro tem entre 45 e 59 anos, é mulher e possui ensino médio completo.

Ao todo, 53% da população que deve ir às urnas em outubro é do gênero feminino, 26,72% têm grau de instrução até o ensino médio e 22,87% têm ensino fundamental incompleto. Entre jovens de 16 e 17 anos, público-alvo de campanhas de incentivo ao título de eleitor neste ano, há mais de 2,5 milhões de aptos. (R7)

 

Fechado para comentários

Veja também

Prefeitura de Petrolina (PE) participa de encontro sobre Cidades Inteligentes em Porto Alegre

A Prefeitura de Petrolina foi representada através do gestor da Secretaria de Inovação e T…