Bomba mata cinco policiais que protegiam agentes de saúde no Paquistão

Pelo menos cinco policiais encarregados de proteger agentes de saúde designados para aplicar vacinas contra a poliomielite foram mortos, nesta segunda-feira (8), quando o veículo onde estavam foi atingido por uma bomba, no noroeste do Paquistão.

– Um caminhão da polícia que transportava cerca de 25 policiais para uma campanha antipoliomielite foi alvo de um IED – disse Anwar ul Haq, um alto funcionário do governo no distrito de Bajaur.

Ele afirmou que pelo menos cinco policiais foram mortos e 21 ficaram feridos na ação. Kashif Zulfiqar, oficial sênior da polícia distrital, confirmou o número de mortos.

O ataque ocorreu em Mamund, no distrito de Bajaur, na fronteira com o Afeganistão, numa zona onde a militância islâmica cresceu desde que os talibãs tomaram o poder em Cabul, em 2021.

Ninguém assumiu a responsabilidade pelo ataque, mas militantes islâmicos, incluindo os talibãs paquistaneses, mataram no passado vários vacinadores contra a poliomielite e as suas escoltas de segurança. (Agência O Globo)

Fechado para comentários

Veja também

Construtora Jotanunes esclarece sobre últimos acontecimentos envolvendo o empreendimento Vila Verde em Perolina (PE)

NOTA DE ESCLARECIMENTO Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo o empreendimento V…