Batendo na tampa do caixão, peruana ‘acorda’ durante o próprio velório

Uma peruana “acordou” durante o próprio velório na última terça-feira (26) e assustou todos que estavam presentes no local ao bater na tampa do caixão que estava.

Rosa Isabel Callaca foi dada como morta no dia 25 de abril após sofrer um acidente de carro na cidade de Chiclayo, no Peru. De acordo com informações do portal argentino Infobae, o óbito foi confirmado no Hospital Regional de Lambaye após o acidente que também tirou a vida do cunhado da mulher.

Os familiares de Rosa se assustaram ao ouvirem batidas e movimentos vindos do caxão durante o cortejo que seguia até o cemitério da cidade de Ferreñafe. A tampa então foi aberta e a mulher estava de olhos abertos e apresentava sinais vitais.

“Ela abriu os olhos e estava suando. Cheguei ao meu escritório e chamei a polícia”, relata o administrador do cemitério.

A peruana foi encaminhada ao Hospital de Referência de Ferreñafe para ser examinada por um médico, que constatou que ela ainda apresentava sinais vitais. Horas depois, no entanto, ela não resistiu aos ferimentos e teve sua morte definitiva atestada.

Investigações prévias apontam que Rosa foi enviada ao necrotério pela equipe do primeiro hospital e foi recebida sem a devida análise dos sinais vitais.

Alipio Rivas Guevara, gerente regional de Saúde do Peru, afirmou que ainda não tem o boletim dos profissionais que atenderam a mulher e que o caso está em investigação. Já a família da vítima informou que pretende pedir exumação do corpo para descobrir o real motivo da morte. (Diário de Pernambuco)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Morre Padre Reginaldo Veloso, autor de músicas da liturgia cantadas nas dioceses de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA)

O padre Reginaldo Veloso morreu aos 84 anos, no Recife. A morte aconteceu na noite da quin…