Bairros Terras do Sul e José e Maria registraram os maiores índices de infestação de dengue em Petrolina (PE)

O segundo Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2021, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina, aponta um índice de infestação de 0,8%. De acordo com o Ministério da Saúde o dado é satisfatório e classifica o município em baixo risco para o surto.

Os bairros que registraram os maiores índices de infestação foram Terras do Sul e José e Maria com 4,1%. Com 3,7%, aparecem os bairros Novo Tempo; Cond. Mais Viver São Francisco; Cond. Mais Viver Grande Rio; Cond. Mais Viver; Cond. Vinhedos; Cond. Vila Real; Cond. Vila Verde; Lot. Vale Dourado; Vila Esperança; Pedra Linda; Morada Nova e Antônio Cassimiro.

“Este indicador faz com que as pessoas relaxem no cuidado, mas este é o momento de estar em alerta porque esse período do ano é mais crítico para a proliferação do Aedes, devido às altas temperaturas e chuvas intermitentes. A regra básica para evitar a proliferação do mosquito da dengue é não deixar a água, principalmente limpa, parada em qualquer tipo de recipiente. Quando for necessário armazenar, fazê-lo em local protegido com tampa para evitar a postura de ovos e aumento dos mosquitos” alerta a secretária executiva de vigilância em saúde, Marlene Leandro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MPPE recomenda a Petrolândia, Floresta e outros 15 municípios seguir com vacinação de grupos prioritários

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio de Promotorias de Justiça locais, expe…