Bahia: Professores de universidades estaduais fazem paralisação por reajuste salarial

Professores das quatro universidades estaduais da Bahia realizam nesta terça-feira (31) uma paralisação de 24 horas. A categoria está em campanha por reajuste salarial e a medida afeta, ao todo, cerca de 50 mil estudantes de 280 graduação e 180 de pós-graduação.

Em todas as unidades, os trabalhadores farão atos nos portões, para chamar a atenção para a pauta de reivindicação, que inclui aumento de salários acima do índice da inflação. As atividades foram suspensas temporariamente, após assembleia, nas seguintes instituições:

Universidade do Estado da Bahia (Uneb);
Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs);
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb);
Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Os professores pedem que o governo do estado retome a mesa de negociação – paralisada há mais de 800 dias –, e que faça o reajuste acima da inflação. O sindicato afirma que os trabalhadores estão com salários congelados desde 2015

Por meio de nota, a Secretaria da Administração do Governo do Estado da Bahia (Saeb) informou que os trabalhadores tiveram aumentos entre 7,09% e 9,79%. (G1 Bahia)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Rotatória da Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio ganha projeto paisagístico em Petrolina (PE)

Um trecho da Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio ganhou mais cor e beleza em Petrolina. Isso …