Bahia: Mãe de médico encontrado morto afirma que perdoa assassino: “Não consigo ter rancor”

Uma revelação inesperada feita pela mãe do médico Andrade Lopes Santana, 32 anos,  encontrado morto na sexta-feira (28),  mostra dona Dormitília Lopes afirmando que perdoa o assassino do filho. O médico havia desaparecido na última segunda-feira (24), após sair de Araci (BA) sentido Feira de Santana (BA).

“Quando soube que ele estava desaparecido abri a bíblia e Deus me falou que meu filho não estava mais entre nós, mas estava vivo espiritualmente. Daí, a partir daquele momento, Deus colocou no meu coração o desejo de perdoar. Não consigo ter rancor, ódio e nem desejo de vingança do assassino. Perdoei porque nosso único caminho é perdoar, não existe outro caminho, se você quiser ir para o céu, se não for perdoar”, disse a mãe ao  G1 AC.

O principal suspeito  do crime  é outro médico, que era  amigo de Andrade.   Ele foi responsável por  registrar a queixa  do desaparecimento em uma delegacia de Feira de Santana. A polícia suspeitou de  G.F.J após  contradições no depoimento. O corpo de Andrade  foi encontrado amarrado numa Âncora no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, e  com um tiro na nuca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pesquisa Covid-19: mais da metade dos Municípios deram início à vacinação por faixa etária

A imunização por faixa etária, de pessoas abaixo de 60 anos sem comorbidades, teve início …