Atuação de Alvorlande Cruz ajudou a implantar o piso nacional dos agentes de saúde

alvorlande

A aprovação na sessão da última quinta-feira, dia 23, da Câmara de Vereadores do município, da implantação do piso nacional da categoria dos agentes de saúde e Endemias, foi sugerida através de uma demanda antig que o vereador Alvorlande Cruz, do PRTB, integrante da bancada do governo na Casa, intermediou e conquistou para os agentes. Alvorlande travou essa batalha numa luta conjunta com o colega de Câmara, o vereador Manoel da Acosape, do PHS que tem liderança entre os agentes.

 “O importante é juntarmos forças. São mais de 500 pais de família que saíram gratos, felizes. O piso vai ajudar a melhorar a condição de vida dessas pessoas para que ajudem os filhos nos estudos e a crescerem na vida. Esse é um reconhecimento a essas pessoas que têm um grande serviço prestado a todos os petrolinenses”, avaliou Alvorlande.

 Conforme o vereador Alvorlande Cruz, o poder executivo deve enviar um projeto de lei para que até o dia 15 de maio a proposta seja referendada pelos parlamentares petrolinenses. “A proposta é o município adotar o piso nacional dos agentes de saúde de R$ 1.014,00, mais as insalubridades e gratificações de meta da categoria. Uma vitória importante para esses profissionais que são relevantes para o município e têm grande serviço prestado a saúde de Petrolina. Com essa conquista, o trabalho só tende a melhorar”, ressaltou Alvorlande.

 O vereador agradeceu ao prefeito Julio Lóssio, PMDB, pela habilidade que teve em atender a essa demanda que ele levou em nome de todos os agentes de saúde petrolinenses. Junto com o vereador Manoel da Acosape, Alvorlande participou ainda de várias reuniões com os secretários de Saúde, Planejamento e Orçamento e de Finanças da Prefeitura, para encontrar um caminho e assim o prefeito enxergar a viabilidade para a cidade implantar o piso nacional dos agentes de saúde.

“Algumas cidades já pagam o piso e Petrolina não poderia ficar fora, porque essa é uma cidade modelo. Nós reunimos com os secretários, encontramos uma saída e depois do levantamento técnico, o prefeito viu a viabilidade de implantar esse o piso dos agentes, atendendo a esse clamor antigo. Agora pedimos a eles que mostrem ainda mais a capacidade em trabalhar, em visitar as pessoas para melhorar ainda mais a saúde em nosso município”, assinalou o vereador Alvorlande Cruz.

 O piso foi anunciado pela secretária municipal de Saúde, Lúcia Giesta, que compareceu à Câmara junto com seu corpo técnico da secretaria e do secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Geraldo Júnior, para apresentar a novidade a um grande número de agentes e do público que se fizeram presentes à sessão. A pauta era justamente uma audiência pública sobe o assunto, proposta por Alvorlande Cruz e Manoel da Acosape.

 Conforme a secretária, o prefeito Julio Lóssio, PMDB, a incumbiu de levar a notícia da implantação do piso dos agentes de Petrolina que passarão a ter o piso como salário base. A fala da secretária levou euforia aos agentes presentes na sessão que aplaudiram de pé Lúcia Giesta. Em Petrolina, 471 agentes de saúde e 126 agentes de endemias terão direito ao piso nacional da categoria.

Fechado para comentários

Veja também

SDS tem até 31 de maio para enviar ao TCE informações sobre desligamento de câmeras em Petrolina (PE) e mais três cidades

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) encaminhou ofício ao secretário de Defesa Soci…