Asteroide passa ainda mais perto da Terra no dia cinco de março

0

aste

O asteróide 2013 TX68 vai passar próximo da Terra no dia cinco de março a uma distândia que pode variar entre 17 mil a 14 milhões de quilômetros, segundo divulgou a Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA). Segundo cientistas da NASA não há possibilidades preocupantes de colisão.

Esta mesma rocha espacial já circulou pela Terra há dois anos a uma distância que a Agência Espacial considerou confortável de cerca de 1,3 milhões de milhas (ou 2 milhões de quilômetros). A NASA alerta que há “variação de possíveis distâncias na aproximação”. “Não há possibilidade de que esse objeto pode impactar a Terra durante o voo rasante do próximo mês”, divulgou Cientistas do Centro da NASA para estudos em Pasadena, na Califórnia.

No entanto, em 28 de setembro de 2017 este mesmo asteroide pode se chocar com a Terra, de acordo com o comunicado da Agência. Essa chance é de uma entre 250 milhões. Mas a possibilidade de colisão aumenta nos anos de 2046 e 2097, segundo os cientistas. “As possibilidades de colisão em qualquer uma das três datas futuros são pequenas demais para que haja qualquer preocupação real”, afirmou o gerente do Centro de Objetos Próximos da Terra, Paul Chodas.

O Asteróide 2013 TX68 tem estimados 30 metros de diâmetro. O asteróide foi descoberto pelo Catalina Sky Survey NASA em outubro de 2013, quando se aproximava da Terra. Os cientistas não podem prever sua órbita precisa ao redor do sol, mas eles afirmam que o TX68. Segundo a Nasa, a passagem dele pela Terra pode ajudar a identificar novos dados para estudo. (DP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Com derrota de Marília Arraes, em Recife (PE), PT tem o pior resultado nas eleições municipais desde sua fundação

Com a derrota de Marília Arraes, no Recife (PE), e João Coser, em Vitória (ES), o Partido …