Assassinato de jovens dispara em Pernambuco

0

O Brasil teve 65.602 pessoas assassinadas em 2017. O dado é o Atlas da Violência, realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e publicado nesta quarta-feira (5). Esse número registra o maior nível histórico de letalidade violenta intencional no país, que atingiu uma taxa de 31,6 mortes violentas para cada 100 mil habitantes.

Homicídios por estado em 2017

Os dados de 2017 revelam um aumento da violência especialmente em estados do Norte e do Nordeste do país. Pernambuco está entre as sete unidades da federação tiveram aumento acima de 10%. Além dele, foram mencionados Acre, Alagoas, Ceará, Pará, Rio Grande no Norte e Sergipe. Apesar disso, vários estados, como São Paulo, continuam a registrar uma paulatina queda.

Homicídios de jovens no Brasil

No ranking da taxa de homicídio de jovens no Brasil, Pernambuco também aparece na frente. O estado ocupa a terceira posição, atrás do Rio Grande do Norte e Ceará. Todos esses estão acima da média nacional.

“Possivelmente o forte crescimento da letalidade nas regiões Norte e Nordeste nos últimos anos tenha sido influenciado pela guerra de facções criminosas deflagrada entre junho e julho de 2016 entre os dois maiores grupos de narcotraficantes do país, o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV) e seus aliados regionais – principalmente as facções denominadas como Família do Norte, Guardiões do Estado, Okaida, Estados Unidos e Sindicato do Crime”, explicou Daniel Cerqueira, coordenador da pesquisa, em entrevista coletiva. (AB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Cláusulas econômicas da Convenção Coletiva de Trabalho inclui piso salarial no valor de R$ 1.150 no Comércio de Petrolina

As cláusulas econômicas da Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021 do comércio de Petroli…