“As barquinhas não irão parar”, afirma presidente da Associação da Travessia Petrolina e Juazeiro-BA

0

Transportando mais de 3 mil passageiros diariamente, de domingo a domingo, as barquinhas que fazem a travessia Petrolina-PE e Juazeiro-BA, não irão parar por causa de mais uma redução da vazão do Rio São Francisco, autorizada na semana passada pela ANA – Agência Nacional de Águas. O maior risco é a embarcação encalhar. Entre julho e agosto, pelo menos 5 estiveram nessa situação devido à vazão reduzida no Velho Chico.

“Podem ficar tranquilos. Com fé em Deus as barquinhas não irão parar. Vamos seguindo com cautela e atendendo à população”, afirmou o presidente da associação de travessia de barquinhas Petrolina-Juazeiro, Luiz Raimundo. Ele acrescenta que, atravessando com cuidado, não há problema na manutenção do transporte, mesmo a redução da vazão chegando a 550 mililitros por segundo e o reservatório de Sobradinho-BA com apenas 5% de sua capacidade.

“Repito, as barquinhas não vão parar e o rio também não vai secar, porque se Deus quiser, logo logo virá chuva e água da nascente para ele”, salientou Luizinho. As barquinhas fazem a travessia de segunda à sábado das 6h às 23h e aos domingos, das 6h às 22h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Professores da rede estadual de Pernambuco deflagram estado de greve contra retorno das aulas

Contrários ao retorno das aulas presenciais em Pernambuco, professores da rede estadual de…