Araripina (PE): Operação conjunta das Polícias Civil e Militar e Neoenergia é realizada para combater desvio de energia

A Polícia Civil de Araripina (PE) e o grupo Neoenergia realizaram na quinta-feira (26) uma operação com o objetivo de identificar irregularidades no consumo de energia, principalmente em estabelecimentos comerciais do município.

Na ação houve a prisão em flagrante de um homem que foi liberado mediante pagamento de fiança. Nos demais alvos foram realizadas diligências e perícias a fim de colher materialidade delitiva a respeito de crimes da mesma natureza, Art. 155 do CPB.

Para executar essa operação foram empregados 20 policiais civis, cinco delegados, 35 policiais militares, um oficial da PM e 40 técnicos da Neoenergia.

Além de efetuar a cobrança dos valores devidos de energia, a distribuidora formalizará notícia-crime junto à Delegacia de Araripina, para a aplicação das sanções previstas em lei. O desvio de energia e demais irregularidades estavam sendo monitorados pela área de inteligência da companhia e a ação constatou as suspeitas.

Fechado para comentários

Veja também

Reflexão do dia

Observem bem as suas muralhas, examinem as suas cidadelas, para que vocês falem à próxima …