Aprovada multa para empresa que não pagar salário igual para homem e mulher

0

O projeto de lei do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) para obrigar a inclusão na CLT ( Consolidação das Leis do Trabalho) multa para empregadores que não pagarem salários iguais para homens e mulheres que desempenhem a mesma função foi aprovado, nesta quarta-feira (13).

A punição também vale para descriminação em relação a idade, cor ou situação familiar.

Quem cometer esta infração terá que pagar multa em favor da empregada em valor correspondente ao dobro da diferença salarial verificada mês a mês. O texto segue para votação na Câmara.

“A diferença salarial entre homem e mulher fere o princípio da isonomia consagrado em nossa Constituição e legislação vigente. Contudo, e apesar das inúmeras políticas de igualdade de gênero promovidas pelas mais diversas organizações, sejam públicas ou privadas, ainda se registram casos de discriminação contra a mulher no que se refere a remuneração”, diz o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), autor do projeto.

“É uma luta histórica das mulheres brasileiras: na mesma função, na mesma atividade, que não haja diferença por sexo, por cor ou por hierarquia familiar; mas, sim, que tenham direito ao mesmo salário”, disse Paulo Paim (PT-RS). (FolhaPE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Às vésperas da visita de Jair Bolsonaro, Damares diz que ‘Nordeste tem manual prático de bruxaria para crianças’

Às vésperas da visita do presidente jair Bolsonaro ao Nordeste, um vídeo da ministra da Mu…