Após tumulto, 40 internos fogem da Funase em Caruaru (PE); 17 foram reconduzidos

Quarenta internos fugiram do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case), entidade vinculada à Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), na noite dessa quarta-feira (8).

Segundo a Fundação, em atualização às 13h desta quinta-feira (9), 17 foram encontrados e reconduzidos à unidade.

O tumulto que resultou na fuga dos internos começou por volta das 18h da quarta-feira. Segundo a Funase, a evasão ocorreu por meio de uma ruptura no muro da unidade.

Antes, os fugitivos atearam fogo em um dos portões para dificultar o acesso de servidores atuam no Case. O Corpo de Bombeiros foi acionado e liberou a passagem até as instalações.

Os internos ainda não localizados seguem sendo procurados pela Polícia Militar de Pernambuco. De acordo com a Funase, ninguém ficou ferido.

“As Coordenadorias de Segurança e de Inteligência e a Corregedoria da Funase acompanharam a ocorrência na unidade, que não registrava um evento de crise desde dezembro de 2020”, informou a fundação, por meio de nota.

Os internos envolvidos no caso serão submetidos ao Conselho Disciplinar, o que tem impacto negativo na avaliação dos processos deles pelo Poder Judiciário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Curaçá (BA): Polícia erradicou em 2021 mais de 240 toneladas de maconha em ilhas do Rio São Francisco

A 45ª Companhia Independente de Polícia Militar, subordinada ao Comando de Policiamento da…