Após impasse da Compesa, Miguel pede ao Governo Federal para assumir obras de saneamento no Dom Avelar

Na passagem por Brasília, durante esta semana, o prefeito Miguel Coelho reuniu-se com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para discutir a situação das obras de saneamento que deveriam estar em execução na bacia do Dom Avelar. O gestor municipal solicitou que os recursos em torno de R$ 38 milhões sejam transferidos para a Prefeitura de Petrolina realizar o trabalho que a Compesa decidiu não fazer.

Segundo Miguel, o financiamento federal está liberado desde o início deste ano, mas a companhia estadual optou por deixar o dinheiro parado por questões políticas. Diante da situação de inércia por parte da Compesa, o prefeito decidiu solicitar formalmente ao Ministério das Cidades para realocar os recursos para a Prefeitura de Petrolina tocar as obras aguardadas por milhares de moradores que convivem com esgoto a céu aberto.

Miguel garante que existe amparo legal para reivindicar os investimentos e disse estar confiante no posicionamento do ministro Alexandre Baldy. “A gente percebe a inércia da Compesa em resolver o problema do Dom Avelar, do São Jorge, Mandacaru dentre tantos outros bairros. Por isso, solicitei pessoalmente ao Governo Federal para que a Prefeitura possa contrair esse empréstimo e não precisemos mais depender da Compesa, e sim, fazer essa obra tão esperada pelos petrolinenses”, explicou o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mourão nega impeachment, mas defende ‘freios’ se presidente arriscar o país

O vice-presidente do Brasil, general Hamilton Mourão (PRTB), falou sobre a possibilidade d…