Após fortes chuvas, comportas de hidrelétricas são abertas na região de Paulo Afonso (BA)

As fortes chuvas que atingem várias regiões da Bahia desde o início da semana têm contribuído para aumentar o nível das usinas hidrelétricas instaladas no norte do estado, cortado pelo rio São Francisco. Para liberar a água dos reservatórios, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) decidiu liberar a abertura de comportas em três hidrelétricas.

Na manhã desta sexta-feira (22), duas comportas das Usinas do Complexo Hidrelétrico de Paulo Afonso foram abertas, porque o reservatório atingiu a capacidade máxima de armazenamento. A última vez que isso ocorreu foi há um mês. Atualmente, elas liberam para o rio, ao menos, 670 metros cúbicos de água por segundo.

A comporta de Taquari vai liberar, no mínimo. 400 metros cúbicos por segundo. e parte da comporta de Capuxu, terá saída de água de aproximadamente 270 metros cúbicos por segundo. As vazões poderão ser alteradas de acordo com a necessidade de geração energética ou com a variação dos índices de chuvas na região.

Com a abertura das comportas, as cachoeiras nas localidades de Capuxu e Bondinho, vão voltar a transbordar, o que deve atrair baianos e turistas. As visitas estão liberadas, de acordo com a Chesf, porém, podem ser suspensas, porque, se houver necessidade, a vazão de água pode aumentar novamente, já que continua chovendo na cabeceira do rio.

O Complexo de Paulo Afonso tem cinco usinas e o nível de água aumentou depois do aumento, na última terça (19), da vazão da usina de Sobradinho, principal sistema de alimentação da Bacia do São Francisco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Em resposta à cobrança de estudante, Guarda Civil Municipal diz que intensificará trabalho de segurança no entorno da Univasf

A Guarda Civil Municipal de Petrolina enviou uma nota em resposta à matéria publicada no b…