Após falta de remédios, Farmácias das Unidades de Saúde de Petrolina (PE) começam a ser abastecidas

As farmácias da rede municipal de Saúde começaram a ser abastecidas com os medicamentos que fazem parte da Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (REMUME). As unidades já estão com mais de 60% do seu abastecimento e a expectativa é que os insumos continuem chegando de forma gradativa.

Nos últimos meses, houve um desabastecimento nacional de medicamentos, porém a Prefeitura de Petrolina imprimiu todos os esforços para minimizar o problema. A secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque, explica que, desde o início da crise, a gestão municipal tem buscado incessantemente o reabastecimento de algumas medicações como antibióticos, antialérgicos, soro fisiológico, entre outros.

“Infelizmente a falta de medicamentos é um problema nacional e uma preocupação de todos os municípios também. Não temos medido esforços junto aos nossos fornecedores para conseguirmos o máximo possível de produtos para garantir nosso estoque de medicamentos. Apesar da crise nacional no abastecimento já começamos a receber alguns medicamentos que estão sendo distribuídos nas Unidades de Saúde e à própria população”, reforça Magnilde Albuquerque.

Fechado para comentários

Veja também

Confira a previsão do tempo para esta sexta-feira em Petrolina (PE)

A previsão do tempo para esta sexta-feira (19), em Petrolina (PE) é de sol com algumas nuv…