Após denúncias, Posto GNV de Petrolina (PE) esclarece situação de abastecimento em veículos

Em resposta aos motoristas de aplicativo que procuraram o blog para denunciar que estão enfrentando dificuldades para abastecer os seus carros com Gás Natural Veicular (GNV), em Petrolina (PE), o proprietário do posto de combustível enviou a seguinte nota de esclarecimento:

Ao
Blog de Edenevaldo Alves,

Posto Distrito, revendedor de combustíveis desta cidade, inclusive, GNV vem responder sobre matéria publicada:

1. Das dificuldades para abastecer os veículos:
R.: Não existe nenhuma dificuldade para abastecer os veículos de nossos clientes;
2. Do não atendimento a demanda:
R.: Informamos que nosso equipamento de compressão de gás, além de ter a capacidade da demanda atual, temos a possibilidade de dobrar a oferta hoje existente. E que até o final de junho, já estamos instalando o terceiro DISPENSER que vai aumentar nossa oferta em 50%;
3. Da pressão dos abastecimentos:
R.: Diz na matéria que a pressão do abastecimento não é boa. Isso não condiz com a realidade, pois trabalhamos dentro das normas estabelecidas pelos órgãos competentes;
4. Da quebra do equipamento:
R.: Na realidade não houve quebra em nenhum de nossos equipamentos e sim paradas para manutenção preventiva que estamos fazendo fora do horário de funcionamento (após 22 horas) e houve 4 paradas por problemas de desgastes natural de peças do grupo gerador as quais não ultrapassaram 03 (três) horas em média desde seu início de funcionamento (18/12/2021);
5. Do segundo posto:
R.: Informamos que o processo de instalação do segundo posto já estar em andamento e será concluído o mais breve possível.

Ressaltamos mais uma vez que estaremos aumentando nossa capacidade de oferta de GNV em 50% da demanda atual até final de junho deste ano. Além dos 50% de aumento por conta da instalação do DISPENSER, temos a possibilidade de aumentar em mais 60% quando a CELPE fizer a instalação da energia elétrica definitiva a qual tornaremos a operação 24 horas, 7 dias na semana e 365 dias no ano.

Em resumo ficaria assim nossa oferta final:

100% (atual) + 50% (com a instalação do terceiro DISPENSER) = 150%; 150% + 60% (com a ligação da CELPE e funcionamento 24 horas) = 240%, ou seja, os nossos equipamentos hoje, tem a capacidade de aumentar em 140% à nossa oferta final.

Deixamos claro que a CELPE ainda estar dentro do seu prazo legal para instalação, mas contamos com o bom senso e compreensão de seus gestores no sentido de antecipar esse prazo, pois estamos impossibilitados de rodar 24 horas com o gerador por conta das manutenções preventivas e obrigatórias relatadas acima.

Salientamos que nosso posto está fazendo um grande esforço financeiro e operacional por conta do custo do diesel e aluguel do gerador para alimentar toda energia dos equipamentos desde dezembro do ano passado para que à nossa cidade esteja disponibilizando o GNV como combustível.

Outrossim, não mensuramos esforços para disponibilizar esse combustível para nossa região, trazendo economia para os bolsos dos motoristas dentre outros benefícios sociais e ambientais.

Petrolina/PE, 25 de maio de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Plantio de mudas dá início a projeto para recuperação da nascente do Munduri em Jaguarari (BA)

O plantio de mil mudas de árvores nativas da Caatinga, marcou no último sábado (02), no mu…