Após atentado contra ônibus do Bahia, presidente do time dispara: “A gente sabe o que aconteceu aqui”

Na noite de quinta-feira (24), o ônibus do Esporte Clube Bahia foi atacado quando chegava na Arena Fonte Nova. De acordo a comissão técnica, uma bomba atingiu os vidros do veículo, machucando dois jogadores da equipe.

Em nota, o Clube Bahia informou que o caso mais preocupante é do goleiro Danilo Fernandes, atingido por estilhaços no rosto e já encaminhado a um hospital.

Em coletiva de imprensa, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani disse que não é a primeira vez que o time sofre algum tipo de atentado naquela região. “A diferença é que dessa vez a bomba atingiu o ônibus e feriu atletas. De uma próxima vez pode atingir o motorista e matar 40 pessoas. O que hoje foi um atentado e de extrema gravidade e hoje poderíamos estar em choque pela morte de 40 pessoas. Foi um atentado ao clube, nossa história, nossos atletas e a nossa torcida. Recebi com muita confiança a mensagem do governador, de que essas pessoas serão presas e punidas. Esse fato de hoje pode ser um divisor de águas, como pode ser que daqui a dois anos temos que falar novamente sobre o tema”, falou o presidente do Bahia.

Sem explicar o que pode ter acontecido, o dirigente descartou que a ação criminosa tenha sido provocada por torcedores.  “O que aconteceu hoje não tem nada com torcida. A gente sabe o que aconteceu aqui”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Granito (PE): Homem mata cachorro e ameaça os pais com foice

Um homem foi preso em Granito (PE), após matar um cachorro e ameaçar os próprios pais com …