Após análises constatarem contaminação na água consumida em Salgueiro, MPPE recomenda monitoramento da Apevisa

0

Moradores de Salgueiro estão consumindo água contaminada por bactérias como coliformes e escherichia coli. Isso foi o que constatou o Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (SISAGUA), no período de 1° de janeiro de 2017 a 02 de agosto de 2017. O mais grave é que foi constada contaminação em grupos populacionais de risco, como nas escolas Doutor Severino, Dom Malan e Antônio Vieira de Barros. Segundo o MPPE, foi comprovado que as bactérias também estão na água distribuída pela Compesa no Centro, Campinhos, Ipueira VI, Sítio Maniçoba, Sítio Cachoeira, Baixio Verde e Sítio Solta.

Para preservar a saúde dos salgueirenses, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou no dia 30 de outubro que a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) realize o monitoramento sistemático da qualidade da água em locais que albergam grupos populacionais de risco e de grande circulação de pessoas, tais como escolas, hospitais, creches, postos de saúde e asilos, tendo em vista a ocorrência de surto nessa cidade. A Apevisa deve encaminhar relatórios de fiscalização à Promotoria.

Por sua vez, a VII Gerência Regional de Saúde (VII GERE) precisa realizar novas coletas na Saída de Tratamento (ETA) e/ou Solução Alternativa Coletiva de abastecimento que apresente resultado insatisfatório, além de adotar as medidas corretivas e realizar novas coletas em dias imediatamente sucessivos, até que obtenha resultados satisfatórios, encaminhando à Promotoria os laudos comprobatórios das análises e recoletas. A VII GERE precisará fiscalizar o cumprimento da Portaria 2.914/2011, remetendo mensalmente ao MPPE relatório das análises laboratoriais procedidas nas coletas de água de carros-pipa.

De acordo com o Blog Alvinho Patriota, o MPPE lembra que foram registrados em Salgueiro dois surtos de doenças transmitidas por água, no período de janeiro a setembro de 2016, que atingiu 396 pessoas. Como a água ainda está contaminada nas zonas urbana e rural, há possibilidade de novos surtos acontecerem no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dormentes (PE) está há três dias sem registrar novos casos de coronavírus

O boletim epidemiológico da Covid-19 atualizado nesta quinta-feira (24) pela Secretaria de…