Apami afirma em nota que Governo do Estado não repassou recursos ao Hospital Dom Tomás

1

A Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami) afirma em nota que os recursos das emendas do deputado Adalberto Cavalcanti (Avante) e do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) não foram repassados pelo Governo de Pernambuco ao Hospital Dom Tomás; Confira a nota na íntegra:

A APAMI esclarece que: 

Os recursos das emendas parlamentares do Senador Fernando Bezerra Coelho e do Deputado Adalberto Cavalcanti, totalizando R$ 5.500.000,00, depositados na conta do Estado de Pernambuco em abril de 2016, destinados ao Hospital Dom Tomás, até hoje não foram repassados à instituição. Referidos recursos poderiam ter sido absorvidos pelo Estado, desde que o valor correspondente tivesse sido destinado à Apami, o que não ocorreu.

A aprovação da habilitação do Hospital Dom Tomás como UNACON, assinada pelo então ministro Gilberto Occhi em novembro de 2018, e que teria contratualização prometida pelo Estado até dezembro de 2018, não foi concretizado. Esse atraso prejudica o recebimento dos recursos anunciados e de outras dotações orçamentárias necessárias para o bom funcionamento do serviço.

Apami. 

1 Comentário

  1. Meire

    1 de março de 2019 em 22:13

    Absurdo. Esses políticos estão pouco se lixando pra o povo. Isso é revoltante demais. Quem manda no Brasil é o povo, o dinheiro é do povo e o povo só vive na miséria. Pagar imposto pra quê? Se o dinheiro que era melhorar a situação do pobre está indo para os bolso desses ladrões.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Comunicado Audivale