Álvaro Porto é reeleito presidente da Alepe; veja nova composição da Mesa Diretora

Os deputados da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) elegeram a nova Mesa Diretora da Casa de Joaquim Nabuco para o biênio 2025/2026. Após o polêmico adiantamento do pleito, que só aconteceria entre dezembro de 2024 e fevereiro de 2025, os parlamentares construíram uma “chapa de consenso” com candidatos de oposição e situação. A plateia que lotou a galeria da Alepe assistiu à reeleição do deputado Álvaro Porto (PSDB) à presidência da Casa, com 40 votos, e à vitória do deputado Fabrizio Ferraz (SD) para a 2ª Vice-presidência, em 2º turno.

Dos 49, 46 deputados registraram presença no primeiro turno. Simone Santana (PSB) e Rodrigo Farias (PSB) estão licenciados, e Lula Cabral (SD) ausente. O deputado Antônio Moraes (PP) deixou de participar no segundo turno. A nova Mesa Diiretora irá comandar a Casa entre 1º de fevereiro de 2025 e 31 de janeiro de 2027.

2ª Vice-presidência

A disputa entre Fabrízio Ferraz e Diogo Moraes marcou o único bate-chapa da eleição. Os demais cargos foram todos vencidos sem concorrência, graças a chapa de consenso. Na primeira rodada ambos receberam menos de 25 votos. Em uma situação como essa, em que nenhum candidato obtém maioria absoluta (25), o regimento interno da Casa estabelece uma segunda votação. Por fim, no segundo turno, Fabrizio Ferraz venceu Diogo Moraes por 25 a 19.

“É um sentimento de gratidão, de reconhecimento do nosso trabalho. Desde o primeiro dia em que a gente chegou na Assembleia Legislativa, a gente tem feito um trabalho de união, de compromisso com a Casa, respeitando todos os pares. Eu sabia que ia chegar a hora em que a gente ia ser conduzido para a Mesa Diretora. Eu só tive que esperar o momento oportuno para isso, que foi hoje”, declarou Ferraz.

Antecipação da eleição

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 20/2023, do deputado Diogo Moraes, e o Projeto de Resolução 1387/2023, do deputado João de Nadegi (PV), tornaram possível a proposta de antecipar a eleição para o comando da Alepe. Dos 49, 41 parlamentares da Casa foram favoráveis. A aprovação não alterou, contudo, a duração dos mandatos da Mesa Diretora. Apenas autorizou um prazo maior para convocação das eleições da segunda metade da legislatura.

Confira abaixo os nomes que comandarão as atividades legislativas e administrativas no biênio 2025-2026:

Presidente – Álvaro Porto (PSDB)

1° vice-presidente – Francismar Pontes (PSB)

2° vice-presidente – Fabrizio Ferraz (SD)

1° secretário – Gustavo Gouveia (SD)

2° secretário – Claudiano Martins FIlho (PP)

3ª secretária – Romero Sales Filho (UB)

4° secretário – Coronel Alberto Feitosa (PL)

1° suplente – Doriel Barros (PT)

2° suplente – Henrique Queiroz Filho (PP)

3° suplente – Pastor Cleiton Collins (PP)

4° suplente – Joel da Harpa (PL)

5° suplente – William Brigido (Republicanos)

6° suplente – Joãozinho Tenório (PRD)

7° suplente – Romero Albuquerque (UB)

Fechado para comentários

Veja também

Centro de Controle de Zoonoses recolhe animais abandonados de grande porte em Petrolina

Uma das atribuições do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) é a retirada de animais de gra…