Afrânio (PE): Adalberto Cavalcanti é acusado de furar barreira sanitária e Prefeitura registra ocorrência na Delegacia de Polícia

0

Na quinta-feira, 21, o ex-deputado Adalberto Cavalcanti ignorou as medidas de proteção recomendadas pelo Governo Federal, Estadual e Municipal para o combate ao Coronavírus, no município de Afrânio, interior de Pernambuco.

O ocorrido virou caso de polícia após Adalberto ignorar o sinal de parada dos profissionais de saúde, que cumpriam a rotina de orientação e higienização dos veículos, além de aferir a temperatura dos condutores.

Diante disso, a Administração Municipal registrou boletim de ocorrência na delegacia de polícia da 216° circunscrição de Afrânio.

Vale ressaltar que segundo o Art. 268 do Código Penal, define como crime contra a saúde pública o ato de desobedecer qualquer determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Cabível pena de detenção de um mês a um ano, e multa. (AfrânioNotícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Policiais podem contar tempo de carreira militar para se aposentar, decide TCU; Discussão teve início com o deputado Gonzaga Patriota

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu que Policiais Federais e Policiais Rodoviários…