Advogado Neves Filho reforça luta pela criação de uma Câmara Regional do TJPE, em Petrolina

1

Neves

Silvio Neves Batista Filho é advogado e atua nessa profissão há cerca de 20 anos. Ele está concorrendo pela primeira vez a uma vaga no Quinto Constitucional do Tribunal de Justiça de Pernambuco. “Dediquei boa parte da minha vida a advocacia, e agora com a abertura dessa vaga resolvi disponibilizar o meu nome para representar a classe dos advogados”, destaca.

Neves Filho se especializou em Direito da Economia, atuou por nove anos como Conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil, com cargos no Tribunal de Ética e Comissão de Apoio à Diversidade Sexual e combate à Homofobia. Presidiu a Comissão de Mobilidade Urbana, e esteve na vice-presidência da Comissão de Direito do Consumidor.

Com tantos anos de experiência e várias atividades desenvolvidas, ele conta que se sente preparado para disputar essa vaga. “Venho de uma família de advogados. Comecei na advocacia cedo e agora, após 20 anos, eu me sinto habilitado e com experiência suficiente para exercer o cargo na vaga do Quinto”, disse.

Caso eleito, Neves pretende reforçar a luta pela criação de uma Câmara Regional do TJPE, em Petrolina. Inaugurada em dezembro de 2014, as Câmaras Regionais instaladas em Caruaru, no Agreste, são as únicas fora do Recife, e recebem todos os processos em segunda instância provenientes das Comarcas do interior.

“A abertura da Câmara Regional em Caruaru, que era para ser uma coisa muito boa para o interior, em algumas situações prejudicou, de certa forma, a advocacia de Petrolina e região. Diante disso, criou-se a necessidade de abrir uma Câmara, também, em Petrolina. Uma vez, eu sendo eleito desembargador, vou trabalhar para que seja aberta uma Câmara Regional em Petrolina, beneficiando todas as comarcas, bem como os advogados da região”, ressalta.

Neves Filho diz ainda que “O Quinto Constitucional é a única chance que os advogados possuem de colocar um representante da advocacia dentro do tribunal, para que represente, de verdade, a classe”.

A eleição será realizada no dia 26 de fevereiro na sede dos fóruns das cidades, onde tenham uma seccional da OAB, no qual haverá uma urna do Tribunal Regional Eleitoral onde os advogados poderão votar.

1 Comentário

  1. Melo Júnior

    16 de janeiro de 2016 em 11:32

    Meus amigos, Silvio é um amigo de modo que posso atestar a sua luta na advocacia por duas décadas.
    Uma vida dedicada a esta profissão que, tal qual a mim, adotou essa profissão como um estilo de vida, e que agora tem a convicção e o preparo para ser Desembargador do Quinto e pelo Quinto constitucional, ou seja, jamais se esquecendo das raízes.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Caixa paga R$ 1,2 bi de auxílio emergencial para nascidos em abril

Cerca de 3,4 milhões de beneficiários do ciclo 5 nascidos em abril receberão R$ 1,2 bilhão…