Vereador Ronaldo Souza discute com agente da Vigilância Sanitária durante fiscalização na Areia Branca

0

vigilância sanitária

No flagrante realizado pela nossa equipe durante a fiscalização da Vigilância Sanitária de Petrolina na feira livre do bairro Areia Branca, nesta quarta-feira (22), onde foram apreendidos 178 kg de carnes, O vereador Ronaldo Souza, mais conhecido como “Cancão”, revoltado com a fiscalização, bateu boca com o fiscal da Agência Municipal de Vigilância Sanitária do município (AMVS).

fiscalizaçãoAo defender o feirante, o vereador afirmou que existe um documento assinado por representantes de sete instituições junto ao Ministério Público firmando o prazo de 45 dias para adequar os antepostos de venda de carne na cidade. Segundo Souza, ontem havia apenas 18 dias, contados a partir da assinatura do documento. O vereador que foi aplaudido por pessoas que estavam no local, se comprometeu de enviar uma cópia do termo para nossa redação, mas até o fechando dessa matéria não recebemos o referido documento. A ação da Vigilância contou com a presença de seis viaturas da polícia militar, a qual foi convocada pela instituição para acompanhar a apreensão de carnes.

Acompanhe no vídeo a discussão do vereador e o fiscal:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Prefeitura transforma espaços de lazer através de programa de revitalização em Petrolina

Um levantamento recente mostra os resultados positivos do programa ‘Nossa Praça’, desenvol…