Vândalos roubam câmera na BR 407

2

pardal

Talvez o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes – DNIT, responsável pela instalação da fiscalização eletrônica nas BRs de todo o Brasil, não tenha visto essa cena (Veja foto acima), essa situação foi flagrada pelo blog, na Br 407, bem em frente ao povoado de Pau Ferro.

Ninguém no local sabe informar quem fez isso, mais o poste foi derrubado e a câmera foi roubada, nesse trecho da Br foram instalados  02 “Pardais Eletrônicos”, apenas um permanece funcionando.

 

Estamos de Olho!

2 Comentários

  1. Célia

    3 de junho de 2015 em 08:49

    Caro Edenevaldo,
    Em Pau Ferro o povo não reclama nada, fico indignada com isso, pois o povoado tem um filho secretário municipal, o Sr. Raimundinho e desde o primeiro mandato do então prefeito Júlio Lóssio que levaram a geladeira de vacinas para consertar e até o momento não devolveram por falta de dinheiro para efetuar o pagamento. As mães tem que levar seus filhos para vacinar em Rajada ou Petrolina é uma falta de vergonha e respeito para com as pessoas. Na campanha de vacina do idoso muitos ficaram sem vacina pois enviaram uma minoria de doses e as pessoas foram ao posto de saúde e retornaram para suas casas sem vacinar.

    Responder

  2. Petrolina

    3 de junho de 2015 em 10:19

    isso já tem uns 2 meses , que aconteceu com certeza o DNIT ta sabendo por que a PRF passa todos os dias por ai , o problema é as constantes multas que esses pardais vem fazendo nesse trecho e a mau sinalização principalmente a noite quem não tem costume de passar por ai não ver esses 2 parais eletronico , tinha era que colocar LOMBADA mesmo e fazer uma sinalização correta , com faixas luminosa e iluminação nesse trecho.

    So acho!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Curatela sobre bens de pacientes de Alzheimer será tema de encontro neste sábado (25) em Petrolina

Neste sábado (25), o tema ‘Curatela e Suas atuais mudanças pelo novo Código de Processo Ci…