Uauá: Câmara instaura CPI para apurar se prefeitura desviou recursos do Fundeb

0

A Câmara Municipal de Uauá, município da região do Sertão de São Francisco, instaurou nesta quarta-feira (2) uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar suspeitas de que a gestão municipal teria desviado em 40% a finalidade dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O desvio teria sido feito para realizar o pagamento de uma empresa de coleta de lixo, contratada por dispensa de licitação no início do ano. Os denunciantes ressaltam o gasto exorbitante com combustíveis para uso de máquinas como tratores, inseridos nas notas da empresa de lixo nos meses de janeiro, fevereiro e março e que não teriam sido utilizados.

Além disso, a prefeitura teria declarado o funcionamento de uma Pá Carregadeira W18 que estaria há quatro anos no estaleiro da garagem. O prefeito foi intimado a comparecer na ocasião e, para garantir o comparecimento das outras testemunhas na CPI, a Câmara solicitou que a Justiça determine a intimação e a possível condução coercitiva de Romilson Alves, Antônio Santos e Melquiades Calixto.

Os três teriam desconsiderado as intimações da Câmara, que teve o pedido aceito pela Justiça e poderá, em caso de desobediência, os conduzir coercitivamente. As testemunhas estão sendo ouvidas para produção de um relatório sobre o caso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Defesa de Temer pede ao STF anulação de indiciamento promovido pela PF

A defesa do presidente Michel Temer pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Lu…