Software desenvolvido na Univasf auxilia na avaliação física de crianças e adolescentes

0

uni

Um software gratuito para realização de avaliação do perfil de saúde de crianças e adolescentes foi desenvolvido pelo estudante Marcos Vinicius Oliveira Carneiro, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde e Biológicas (PPGCSB), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). O Software de Avaliação Física Online (S@fo) é parte da dissertação de mestrado de Carneiro, elaborada sob a orientação do professor do Colegiado de Educação Física Ferdinando Oliveira Carvalho.

O S@afo é o primeiro software do Brasil a fornecer uma avaliação física online do público jovem e infantil e visa auxiliar os profissionais de educação física no direcionamento das atividades desenvolvidas pelos seus alunos. O registro do software, que está disponível no site do Grupo de Estudos e Pesquisa em Genética e Exercício (Gepegene), já foi solicitado ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

A avaliação física feita pelo S@fo se dá por meio da realização de testes motores e de dados referentes à composição corporal do avaliado. Devem ser inseridas no sistema informações da performance do aluno em corrida, caminhada, arremesso e salto, além de medidas de massa corporal, altura, pressão arterial, entre outras. O software apresenta tutoriais com imagens que ajudam na realização desses testes para a garantia de resultados precisos na avaliação física. Para utilizá-lo, os interessados devem realizar um cadastro e seguir as instruções disponíveis no site.

Após a inserção dos dados, será gerado um relatório de desempenho, baseado em referências nacionais e mundiais, para que os profissionais direcionem os exercícios de cada aluno conforme as necessidades indicadas. “A intenção é também atuar como instrumento de auxílio na qualidade de vida de crianças e adolescentes e contribuir para as pesquisas envolvendo a temática”, explica Carneiro.

Educadores físicos e escolas de todo o Brasil podem utilizar o software por meio das avaliações, que podem ser individuais e em grupo. De acordo com o professor Ferdinando Carvalho, o S@fo irá facilitar e melhorar a atuação dos profissionais. “Os professores vão poder prescrever exercícios conforme o desempenho dos seus alunos e ainda fazer comparações periódicas dos relatórios para acompanhar os seus desenvolvimentos”, ressalta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

5º BPM emite nota de retratação em relação a ocorrência em Petrolina

O 5º Batalhão da Polícia Militar, vêm a público retratar-se publicamente sobre o registro …