Reviravolta no caso Beatriz Angélica: Delegada interroga três pessoas e pode ocorrer prisão a qualquer momento

10

Na manhã desta terça-feira (17), as novidades sobre o assassinato da garota Beatriz Angélica pegaram os petrolinenses de surpresa. O caso que agora está sob a investigação da Coordenadora da DINTER II, a delegada Polliana Nery, já teve algumas reviravoltas.

De acordo com o repórter Evanilson Barbosa, da Rádio Petrolina FM, a Polícia Civil está trabalhando em sigilo e na manhã de hoje (17), três pessoas, que não tiveram os nomes revelados, foram interrogadas pela Delegada. Prisões de suspeitos ligados ao crime podem ocorrer a qualquer momento.

10 Comentários

  1. Cidadã Petrolinense

    17 de abril de 2018 em 12:25

    Será que é fake? Estamos todos sem acreditar . Só nos resta aguardar.

    Responder

  2. Rosiel Gondim

    17 de abril de 2018 em 12:25

    Tomara que tudo venha à tona. Já é tempo da lei se tornar justiça para todos os homens, indiferente de classe social ou política. Já é tempo de parar de acusar bodes expiatórios para terminar um caso e colocar na cadeia o culpado real!!!

    Responder

  3. Lana

    17 de abril de 2018 em 12:35

    Já se faz tanto tempo e tantas reviravoltas. Tantas histórias e sempre sem resolução. Espero em Deus que a família tenha um desfecho dessa barbárie. Uma inocente se foi e nada até o momento foi resolvido.

    Responder

  4. Sátyra Maria Azevedo Barbosa

    17 de abril de 2018 em 13:04

    Sempre confiei em Deus e N.s.Auxiliadora,que operasse um milagre para que tudo fosse esclarecido,tomara que acabe este pesadelo .

    Responder

  5. Dalva

    17 de abril de 2018 em 13:17

    Glória a Deus! Ele não aceita injustiça!

    Responder

  6. Cledilma

    17 de abril de 2018 em 15:59

    Em nome de Jesus vai ser pego esse ou essa que fez uma barbaridade dessa

    Responder

  7. Gerlando

    17 de abril de 2018 em 17:10

    Será que realmente estará prestes a ser solucionado esse crime que vem se prolongando por três anos ou será mais um “cale a boca”, para poder ir empurrando com a barriga, o crime prescrever, dar por encerrado esse barbaro crime de homicídio, e deixar uma mãe decepcionada com a justiça brasileira.
    Vamos espera o final dessa história.

    Responder

  8. Deyse

    20 de abril de 2018 em 19:38

    Eu acho que isso teve queima de arquivo…. acho que quem cometeu ja foi morto.

    Responder

  9. Rozidalva

    14 de maio de 2018 em 13:33

    Finalmente será que agora alguém finalmente vai solucionar esse caso meu Jesus

    Responder

  10. Veve

    5 de agosto de 2018 em 15:00

    Justiça!!!!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

A Constituição por 30 anos de vida em Gonzaga Patriota

Em 1988, o deputado constituinte Gonzaga Patriota(PSB-PE) combatia a doutrina capitalista …