Reitoria da Univasf reúne-se com estudantes que pedem melhorias no transporte estudantil ofertado pela instituição

0

[apex_slider estudantes]

Os estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) que realizaram nesta terça-feira (5) um movimento no Campus Sede, em Petrolina (PE), em prol de melhorias no serviço de transporte estudantil participaram de uma reunião no final da manhã desta terça-feira (5) com o reitor Julianeli Tolentino de Lima, o vice-reitor Telio Nobre Leite e a pró-reitora de Assistência Estudantil Isabel Angelim. O grupo de discentes reivindica, entre outras ações, a ampliação do número de veículos no horário noturno e alterações no roteiro e nos horários dos ônibus, principalmente em relação ao atendimento do Campus Ciências Agrárias (CCA), em Petrolina.

A pró-reitora Isabel Angelim explicou aos presentes que o problema da falta de ônibus enfrentado na noite de segunda-feira (4) pelos alunos do CCA, motivo que deflagrou o movimento dos alunos, ocorreu por problemas de gestão do serviço de transporte. “Dois motoristas adoeceram e um deles não comunicou a Universidade, possibilitando sua substituição a tempo. Três ônibus circularam, mas um deles cumpriu o roteiro dos feriados, que é diferente dos dias úteis. Isso comprometeu todo o transporte no final da tarde e início da noite de segunda-feira do CCA para o Centro de Petrolina e Juazeiro”, disse.

Isabel informou que algumas medidas serão adotadas visando melhorar o serviço. Uma delas a disponibilização de mais um veículo para fazer o transporte do CCA para o Centro de Petrolina após as 18h e a reformulação dos roteiros dos ônibus. Também será criado um serviço de plantão telefônico para que os estudantes possam informar à Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae) sobre problemas ocorridos no transporte e para que as providências possam ser tomadas com a maior brevidade possível.

Outra proposta é a criação, dentro do Fórum dos Discentes, de um comitê para acompanhar a oferta do serviço de transporte. “A oferta desse serviço é nova. Os ônibus começaram a circular em janeiro e nós estamos buscando fazer o gerenciamento do serviço da melhor forma possível para atender vocês”, lembrou a pró-reitora.

Na reunião com os estudantes, ela frisou que os ônibus disponibilizados pela Univasf para o transporte estudantil são novos e foram adquiridos pela instituição em 2014, num investimento de R$ 2,28 milhões. O custeio de manutenção dos veículos é estimado em cerca de R$ 600 mil por ano.

Outras pautas apresentadas pelo movimento durante a reunião com os representantes da Univasf ficaram para ser discutidas em encontros posteriores. O acesso de veículos ao Campus Sede, que logo cedo havia sido bloqueado pelos estudantes, foi liberado no início da tarde.

Programa de Transporte Estudantil – Desenvolvido pela Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae), o programa faz parte das ações estruturantes da Univasf. O programa tem um total de seis ônibus, dos quais um é utilizado para substituir outro veículo em casos de eventuais reparos. Os veículos são climatizados e adaptados para o transporte de pessoas com deficiência. A criação do serviço ocorreu a partir da reivindicação dos estudantes, durante as reuniões da Câmara de Assistência Estudantil, realizadas no ano passado. Os itinerários dos ônibus foram elaborados junto com os estudantes ao longo destes encontros e sofreu alterações para contemplar sugestões dos discentes no início do período letivo de 2015.1, em fevereiro. (Ascom Univasf).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Mais de uma tonelada de carne é apreendida em Petrolina

Na manhã desta quinta-feira (20), foi realizada a maior apreensão de carne deste ano em Pe…