Professores decidem continuar greve

1

fo

Os professores estaduais de Pernambuco decidiram continuar com a paralisação que já dura 15 dias. Os profissionais da educação optaram por continuar com a greve em assembleia que aconteceu na tarde desta segunda-feira (27), no Clube Português do Recife, no bairro das Graças, Zona Norte da Cidade.

A assembleia discutiu as novas diretrizes para a categoria, bem como fez um balanço geral da paralisação do Estado. Os professores decretaram a greve no último dia 10 de abril. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), que lidera os profissionais da educação no Estado, é contra o reajuste de 13,01% promovido pelo Governo do Estado para os professores que têm magistério, cerca de 10% da categoria. Os profissionais com licenciatura plena ganham aumento de 0,89%. Segundo o Sintepe, isso seria um “rasgo” no Plano de Cargos e Carreiras dos profissionais.(Fonte: Do leia já /Foto: Reprodução)

1 Comentário

  1. Rafael

    28 de abril de 2015 em 00:34

    É isso aí, entendo que os alunos vão ser os maiores prejudicados nesta história toda, mas não é justo o que este (des)governo que se dizia ser a mudança, a nova política, vem fazendo com os servidores da educação! Só falta agora toda a sociedade pernambucana se unir a causa para pressionar o governo a negociar e pressionar a justiça a aceitar como legal a greve dos professores, até por que o governo federal já fez os repasses para pagar o reajuste para os professores e o estado está segurando o dinheiro sabe deus para quê!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Homem morre em acidente de trânsito próximo ao N-9 zona rural de Petrolina

Um homem morreu em um acidente próximo ao Núcleo 9 do Projeto Senador Nilo Coelho, em Petr…