Professores da rede estadual de ensino em Serra Talhada fazem manifestação nas ruas nesta quarta (22)

0

grevepe

Os professores da rede estadual de ensino em Serra Talhada, apoiados por estudantes, saíram hoje pelas principais ruas da cidade em manifestação pelo não atendimento do governo de Pernambuco a determinação do MEC para o pagamento do novo piso salarial dos professores

Os professores pernambucanos estão há mais de 10 dias em greve, e mesmo com a determinação da justiça pela suspensão da mesma, inclusive com aplicação de multa de R$ 30 mil diária, o movimento não parou, e agora, começa a ganhar as ruas através de passeatas de docentes e também de alunos.

Na pauta de reivindicação dos professores, além do aumento garantido por lei, está o cumprimento do Plano de Cargos e Carreira da Categoria.

Uma das principais críticas dos professores ao governador Paulo Câmara, é que durante a campanha foi prometido por ele, que dobraria o salário dos professores, no entanto, na primeira oportunidades, diante de um aumento de 13.01% está sendo necessário o embate, “imagine um aumento de 100%”, disse um manifestante.

Enquanto a Secretaria de Educação do Estado afirma que apenas 41% da categoria aderiu a greve, os líderes do movimento garantiram que “hoje 100% já aderiu a greve”, segundo ele, o governo tentou intimidar os professores com ameaças, demissões e transferências, “ele contava que com essas ameaças fossem terminar a greve, mas não terminou”, disse Edeildo e informou ainda que somente na próxima segunda-feira(27) é que a categoria vai se reunir no Recife e decidir sobre a manutenção ou não da greve.

Apesar de toda euforia dos professores, a manifestação teve uma participação modesta, dando mostra de que realmente as ameaças do governo possam de fato está surtindo seus efeitos. (C1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Em Dormentes, prefeitura inaugura sede do CREAS com palestra e apresentação teatral

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Dormentes, situado n…