Prefeito de Serra Talhada perde dois deputados

0
[rev_slider morte]

 

Em apenas dois dias, um após o outro, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), viu a morte levar os dois deputados que apoiou nas eleições passadas: Manoel Santos, estadual, e Pedro Eugênio, federal, ambos com votações consagradoras no município. Bastante emocionado, Duque recorreu a um poema da poetisa Cora Coralina para tentar amenizar a dor repetida, que o abalou bastante:

“Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar, porque descobri, no caminho incerto da vida que o mais importante é decidir, pois o que o importa na vida não é o ponto de partida, mas a caminhada. Caminhando e semeando no fim terás o colher”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Prefeito de Salgueiro reafirma apoio ao senador Fernando Bezerra nas próximas eleições

O prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro (PMDB) declara mais uma vez seu alinhamento polít…