Pérsio Antunes se revolta contra vereadores do PT sobre a existência de máfia dos médicos em clínicas particulares

0

juntos

Durante sessão da câmara de vereadores dessa terça-feira (19) a vereadora Cristina Costa (PT) em seu discurso, que tratava sobre os recursos que deveriam ser aplicados em sua maioria na saúde pública, fez lembrar uma matéria veiculada no Fantástico da Rede Globo no dia 04 de Janeiro de 2015, na qual denunciava cirurgias de próteses feitas sem necessidade, só para ganhar comissão sobre o preço de implantes para faturar um dinheiro por fora. Esse golpe milionário conhecido como “máfia das próteses”, revela um retrato escandaloso do que acontece dentro de alguns consultórios e hospitais do Brasil, em que transforma a saúde do país em um balcão de negócios, onde empresas que vendem próteses oferecem dinheiro para que médicos usem os seus produtos.

Sobre o assunto a petista pediu a presidente Dilma que reveja como está a saúde pública do país, em que segundo ela dentro do sistema nacional de saúde, o montante dos recursos que deveriam ser do Sistema Único de Saúde (SUS) é encaminhado para a rede privada de saúde.

Por isso o executivo tem dificuldade em atender as demandas da população de Petrolina porque a maior parte fica para os consultórios particulares da região. Não estou aqui para atingir, mas é preciso que a verdade seja dita, a carapuça serve para quem se sentir ofendido, disse a vereadora Cistina Costa ao mencionar a retirada de médicos pediatras da sala de parto, onde mais de 50% das cirurgias são cesarianas e de acordo com a parlamentar deveria ser 15% de parto normal.
“Quero sim reconhecer o importante trabalho dos médicos mais existe sim, máfia de alguns profissionais de consultórios particulares que acabam barrando recursos que poderiam ser destinados à saúde pública”, comentou a vereadora.

Se a carapuça serviu para o vereador Pércio Antunes, a dúvida permaneceu durante a sessão, mas o questionamento dito pela vereadora Cristina Costa fez o parlamentar discursar sobre a posição de Cristina e alegar que a citação da petista fez alusão, de que existe máfia dos médicos particulares de maneira geral, de acordo com a fala de Pérsio.

“Aqui nessa sessão chamaram os médicos de mafiosos, a máfia dos médicos dos hospitais privados e vou pegar essa gravação e mandar para o Conselho Regional de Medicina, porque me senti ofendido e nunca chamei professor de mafioso. Quem não entende das leis, só fala besteira e esse Governo que está aí é incompetente e irresponsável com a população e quem é médico particular não faz isso e ainda é chamado de mafioso? Esses vereadores do PT estão causando transtornos à sociedade e vêm em dia de festa como esse dos agentes de saúde querer desqualificar os médicos?”, desabafou Percio Antunes que diz ter sido “chacoteado por acerola, que quando apodrece nem bicho quer”, afirmou o parlamentar se referindo aos vereadores do PT Geraldo da Acerola e Cristina Costa.

Pérsio Antunes e Cristina Costa ainda chegaram a discutir nos bastidores da plenária sobre essa polêmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

5º BPM emite nota de retratação em relação a ocorrência em Petrolina

O 5º Batalhão da Polícia Militar, vêm a público retratar-se publicamente sobre o registro …