Pernambuco não deverá conceder reajuste a servidores

1

reajustes

As negociações com os servidores públicos serão cautelosas, de acordo com o governador Paulo Câmara (PSB), após levantamento apresentar queda da projeção de crescimento do Estado de Pernambuco, o que afeta o limite de gastos com os servidores. É que cerca de 47% da receita, segundo balanço do primeiro quadrimestre, estaria comprometido com a folha de pagamento, o que impediria que o Executivo se comprometesse em aumentar os gastos com os servidores.

Por isso o governador aguarda o balanço do próximo quadrimestre para reavaliar o quadro e rever as negociações. Câmara promete agir com transparência sobre a realidade das contas públicas. Ele promete que os servidores serão bem informados sobre a realidade do Estado. “Estamos com a despesa de pessoal em torno de 47% e, pela Lei de Responsabilidade Fiscal, só podemos dar aumento se estivermos abaixo do limite prudencial. Isso vai ser mostrado para os servidores”, explicou.

Paulo Câmara sua, também, como justificativa, a crise financeira nacional e as dificuldades enfrentadas por outros estados para honrar seus compromissos. Ele descartou a possibilidade de pagamentos dos servidores de forma parcelada, prometendo que manterá o pagamento regular dos servidores e do 13º no final do ano. (Fonte: Folha)

1 Comentário

  1. Rafael

    1 de junho de 2015 em 14:02

    Culpar a crise nacional por que? Mas não era o senhor mesmo Paulo Câmara que dizia em sua propaganda eleitoral que pernambuco estava muito bem financeiramente e que não precisava do governo federal, e que pernambuco era a “ilha de desenvolvimento” no meio de um país prestes a entrar crise? O que foi que acontece agora em poucos meses de eleito e de governo? Por que pernambuco não pode pagar se o repasse do governo federal para o ajuste do piso salarial dos professores já foi feito? Por que a paraíba que é mais pobre que pernambuco deu 18% de aumento para os professores e pernambuco que é bem mais desenvolvido não pode dar os 13%?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Em nota, Secretaria Estadual de Saúde informa que mesmo com crise econômica não tem medido esforços para regularizar situação do Hospital de Ouricuri (PE)

Após os médicos que atuam no Hospital Regional Fernando Bezerra (HRFB) em Ouricuri, no Ser…