Parada LGBTS: Entidades afirmam que gays zombaram da fé cristã

4

homofobia

A Parada Gay, que foi realizada no último domingo, 7, na Avenida Paulista em São Paulo, “foi palco novamente da Cristofobia”, é o que afirmam as entidades religiosas, onde os líderes do movimento LGBTS, externaram novamente atitudes com exposição de  imagens que geraram revolta aos católicos e evangélicos.

A 19ª Parada LGBT de São Paulo, que segundo seus idealizadores, tem como objetivo de ‘garantir a liberdade do movimento LGBT, indo contra a intolerância’ se mostrou intolerante contra aqueles que são contra essa pratica.

Em uma foto (acima) pode se ver uma mulher, simbolizando JESUS CRISTO. Ela foi colocada em uma cruz, com os seios a mostra, em um trio elétrico.

O ato provocou a revolta de inúmeras entidades cristãs no Brasil, no exterior e nas redes sociais. Confiram:

O cantor Thalles Roberto, publicou em sua conta no Facebook o seu descontentamento dizendo: “PARADA GAY ?Isto ai é cuspir no NOME QUE ESTÁ ACIMA DE TODOS os nomes ! Eles não sabem do que debocharam e do que fizeram ! Que vocês recebam o JUÍZO pelo desrespeito ! QUE VENHA O FOGO DO CÉU SOBRE SODOMA E GOMORA ! Essa parada gay acaba aqui, ano que vem não tem mais! JUÍZO ! Indecência do capeta ! Povo cego !”.

Já o deputado federal Marco Feliciano disse: “Imagens que chocam, agridem e machucam. Isto pode? É liberdade de expressão, dizem eles. Debochar da fé pode? Colocar Jesus num beijo gay pode?”.

4 Comentários

  1. ALÉCIO COELHO

    8 de junho de 2015 em 14:14

    Como esse pessoal quer ter o respeito de todos quando eles estão confundindo liberdade de expressão com LIBERTINAGEM! Acredito que os mais preconceituosos são os próprios homossexuais.

    Responder

  2. A.Ferreira

    8 de junho de 2015 em 15:14

    Lamentável o fato ocorrido nessa passeata, agora os “donos da verdade” podem fazer o que quiser e ninguém pode reclamar de nada, respeitem as famílias Cristãs. Faça o seguinte: Pq não fizeram com Maomé ? Eles sabem onde o sapato aperta.

    Conheço muitos homossexuais que não concordam com essa palhaçada, esses que cometeram essa aberração, com certeza não representam o todo.

    CP – Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    Art. 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:
    Pena – detenção, de um mês a um ano, ou multa.
    Parágrafo único – Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

    Responder

  3. josé de souza

    9 de junho de 2015 em 05:21

    Elas como se dizem ou eles foram longe de mais, os juiz deveriam alem de punir esses cara proibir isso é inaceitavel sou critão e religioso estou repudiando essa atitude. obrigado edenevaldo

    Responder

  4. FLOR

    9 de junho de 2015 em 14:04

    Eles querem ser respeitados. Mas desrespeitam os outros. Será que colocar dois homens se beijando, uma mulher nua na cruz, um homem enfiando uma cruz no anus, é liberdade de expressão??????? Isso simplesmente é uma afronta a todos que não são homossexuais, não apenas aos que não aceitam ou que se denominam homofobicos. Ridiculo o que fizeram, destruiram ate mesmo imagens de santos…. Afinal quem são essas pessoas??? Pessoas não demonios em forma de gente. Jamais um povo dessa especie podem ser chamado de gente. Que o poder de Deus vai recaia sobre eles, seres imorais, da pior especie.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Dia das Crianças com programação gratuita em Petrolina

Nesta quinta-feira (12), das 9h às 14h, o Dia das Crianças será comemorado com uma program…