Oficinas de arte e apresentações culturais sobre mulheres do cangaço movimentam a comunidade do povoado do Caboclo, em Afrânio

0

caboclo

O Centro de Apoio Comunitário Oto Honório de Azevêdo em parceria com a ASPERBRAS proporcionaram um evento cultural intitulado “AS MULHERES NO CANGAÇO” com o escritor e historiador João De Sousa Lima, para a comunidade do povoado do Caboclo, em Afrânio, a 120 km de Petrolina. As pessoas do lugarejo tiveram ainda a oportunidade participou de oficinas de pintura em tecido, que puderam ainda assistir a apresentação cultural do grupo Quilombola da Comunidade do Araçá que encantou os moradores e seus visitantes.

Segundo uma das idealizadoras do Projeto, Luciana Azevedo, o Centro de Apoio Oto Honório, acredita na importância da valorização e do fortalecimento sociocultural e econômico das comunidades quilombolas. “Esperamos que a apresentação da Comunidade do Araçá sirva de inspiração para o surgimento de mais ações do mesmo tipo e a construção de políticas públicas que tenham o povo quilombola como foco”, ressaltou.

Quem participou do evento pode ainda conferir uma Mini exposição do Cangaço com artigos que fazem parte da coleção pessoal do palestrante, além de livros da literatura e fotografias do movimento. João De Sousa Lima ainda realizou autógrafos de seus livros e a doação de alguns exemplares para a biblioteca do Cac. O escritor foi autor do Projeto que viabilizou a reforma da casa de Maria Bonita, transformando o espaço em Museu, aberto à visitação pública. O atrativo faz parte do Roteiro Cânion e Cangaço. João também escreveu dois livros que trazem a biografia de Maria Bonita. Livros, que são referência para os estudiosos do tema cangaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Idoso morre em acidente próximo a Afrânio

Um acidente de trânsito resultou na morte de um idoso, nesta quinta-feira (05), em Afrânio…