Odacy Amorim afirma: “O que eu puder fazer para voltar a ser prefeito de Petrolina, eu tenho feito e esse é meu sonho”

0

odacy

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) participou nessa manhã de sexta-feira (29), do Programa Edenevaldo Alves da rádio Petrolina FM.

Na ocasião, o parlamentar assumiu em público, que sonha em ser prefeito de Petrolina, visando às eleições de 2016.

“O que eu puder fazer para voltar a ser prefeito de Petrolina, eu tenho feito, isso significa que sonho em ser prefeito, não por obsessão de poder ou vaidade, mas uma oportunidade de fazer mais para a cidade. Vamos tentar construir um leque de alianças e pensar na candidatura”, afirmou.

Odacy disse ainda, que é possível construir uma aliança com algum outro grupo político pela sucessão e considera pensar primeiro na elaboração de um projeto e já descartou a possibilidade de sua mulher, Ducecleide Amorim ser a candidata dessa possível aliança, já que houve rumores de que isso poderia acontecer.

Foi comentado também sobre uma possível união entre Adalberto Cavalcante e Odacy Amorim e até mesmo com o prefeito Julio Lossio para que dessas alianças, fosse divulgado o nome do candidato que disputaria às eleições do ano que vem sabendo que Odacy E Adalberto romperam aliança no pleito do ano passado para a disputa de deputado.

“Eu não briguei com Adalberto”, mas acho que o mesmo foi quem brigou comigo desnecessariamente, agora acho que a gente precisa discutir o futuro da cidade e com quem for possível construir um leque de alianças, será necessário um diálogo sério e sem atritos. Não tenho problema nenhum em sentar com qualquer pessoa, quem quiser me apoiar, será bem vindo, “venha para cá, vamos conversar”, disse Odacy afirmando que também não ver dificuldades em também manter um diálogo com o prefeito Julio Lossio.

Odacy preferiu não fazer nenhuma avaliação do governo Lossio, mas confessou que no quesito segurança, sua administração obteve melhores resultados, que o atual quando ele afirma que, na época em que foi prefeito de Petrolina, entre 2007 e 2008, a cidade estava entre as seis mais violentas do Brasil e o município apresentava um quadro de poucas viaturas, quando neste período, o então prefeito idealizou um convênio de 30 viaturas com apoio do Governo do Estado em parceria com o 5º Batalhão de Polícia Militar, em um gasto orçado em mais de R$ 40.000 reais por mês, mas que segundo Odacy Amorim o projeto tornou o grau de segurança do município longe dos altos índices de violência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Curatela sobre bens de pacientes de Alzheimer será tema de encontro neste sábado (25) em Petrolina

Neste sábado (25), o tema ‘Curatela e Suas atuais mudanças pelo novo Código de Processo Ci…