OAB-PE protocola notícia crime contra mensagens de ódio destinadas ao povo nordestino

1

O presidente da OAB Pernambuco, Ronnie Preuss Duarte, e o secretário geral Fernando Ribeiro Lins, estiveram, hoje, no Ministério Público Federal de Pernambuco, para pedir providências no sentido da investigação e punição dos responsáveis pelas mensagens de ódio destinadas aos nordestinos nas redes sociais após o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais em curso.

Na ocasião, uma notícia crime foi protocolada e, em seguida, os dirigentes foram recebidos pela coordenadora criminal da Procuradoria Geral da República em Pernambuco, Andrea Carneiro, que garantiu celeridade no encaminhamento das investigações.

“É importante que as pessoas entendam que a internet não é uma terra sem lei e que, mesmo com perfis falsos, é possível identificá-las. Nosso objetivo é, cada vez mais, inibir esse tipo de postura”, disse Ronnie Duarte.

Em conjunto com as demais seccionais do Nordeste, a OAB Pernambuco emitiu, nesta terça-feira, uma nota oficial de repúdio contra as manifestações discriminatórias envolvendo o povo nordestino. (Por Magno Martins).

1 Comentário

  1. Felip dias

    10 de outubro de 2018 em 09:02

    Parabéns. A oab Pela iniciativa para combater esse tipo de crime imbecil

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Um Homicídio foi registrado na penitenciária de Petrolina

Na manhã deste domingo (09) a equipe de investigação foi acionada em virtude de um suposto…