Número de roubos cai 30% em setembro em Pernambuco

0

O número de roubos em Pernambuco no mês de setembro apresentou uma queda de 30,38% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o Estado registrou 9.617 ocorrências. É o que revela o balanço divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS), divulgado na noite desta quinta-feira (11). De acordo com as estatísticas, setembro de 2018 teve 6.695 roubos, o menor número dos últimos 41 meses. Nos registros da pasta, o menor número desse tipo de crime foi em abril de 2015, com 6.125 delitos.

No acumulado de janeiro a setembro de 2018, foram 72.500 roubos, o que representa uma redução de 23,73% se comparado ao mesmo período de 2017, quando foram registrados 95.062 ocorrências.

Segundo a SDS, todas as regiões de Pernambuco contribuíram para esse cenário, com destaque para o Agreste, com retração de 26,54% nos nove meses (de 17.402 para 12.783 casos). Levando em consideração apenas o mês de setembro, a queda foi de 45,48%, caindo de 1.904 para 1.038 casos.

A Região Metropolitana do Recife, exceto a capital, apresentou 2.289 queixas de roubos, uma queda de 28,82% em relação ao mesmo mês do ano anterior (3.218). No acumulado, o decréscimo foi de 24,56%, saindo de 32.812 Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) para 24.752.

No Sertão, os roubos diminuíram 16,57% nos nove primeiros meses do ano, caindo de 5.008 para 4.178. Em setembro, os casos diminuíram em 25,3% (de 502 para 375). Na Zona da Mata, os crimes desse tipo caíram 18,63% (11.309 para 9.202) no acumulado do ano e 14,56% se comparar setembro de 2018 ao mesmo mês do ano passado.

No Recife, entre janeiro e setembro deste ano, o número de roubos caiu 24,56% se comparado ao mesmo período de 2017. Em 2018, foram 24.752 queixas na capital pernambucana, quando, no ano passado, foram registradas 32.812. Em relação apenas ao mês de setembro, a queda foi de 28,87%, saindo de 3.218 para 2.289 roubos.

Segundo as estatísticas da SDS, os casos CVPs apresentaram menos registros nas Áreas Integradas de Segurança (AIS) 2, 3, 4 e 5. A AIS 2, com sede no bairro do Espinheiro, apresentou, em setembro de 2018, o menor número de roubos dos últimos quatro anos e meio, com 409 ocorrências. A AIS 4, na região da Várzea, registrou 562 CVPs, índice mais baixo em 43 meses. Na área de Boa Viagem (AIS 3), os 566 roubos notificados são o patamar mais baixo desde setembro de 2015. A AIS 5, de Apipucos, teve 300 CVPs em setembro, menor índice em 2 anos e 2 meses.

Celulares e assaltos a ônibus
A Secretaria registrou 2.651 roubos de celulares em setembro deste ano, uma redução de 33% em comparação ao mesmo mês do ano passado, que contabilizou 3.945 casos. No acumulado de nove meses, o número desse crime caiu 28%, com 27.498 registros entre janeiro e setembro, contra 38.184 notificados no mesmo período do ano passado.

A SDS atribui a queda de delitos ao programa Alerta Celular, que, desde março do ano passado, já ajudou a recuperar 4.608 telefones. Em setembro deste ano, 590 celulares foram recuperados, 484% a mais que o número de recuperados no mesmo mês de 2017.

Em relação aos assaltos aos coletivos, as estatísticas informam que, em setembro, foi registrado o menor número de ocorrências em uma série histórica de 46 meses. Foram 44 casos, acima apenas de outubro de 2014, quando foram registrados 37 roubos a ônibus. Em relação ao mesmo mês do ano passado, a redução foi de 41%. Entre janeiro e setembro, a queda foi de 43,8%, com 679 roubos, em relação ao mesmo período de 2017, que registrou 1.209 crimes.

Roubo a bancos e veículos
De janeiro a setembro de 2018, os roubos a agências bancárias, carros-fortes e caixas eletrônicos caíram em 30%, com 54 investidas. Em 2017, foram 78 casos notificados.

Já os crimes contra veículos e carga reduziram 31,26% em setembro, em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 1.038 roubos neste ano contra 1.510 crimes em 2017. De janeiro a setembro, foram 11.995 registros, enquanto em 2017 foram 15.370, o que representa uma redução de 21,96%.

Em relação às cargas roubadas, houve uma queda de 34% em setembro, com 33 registros. No mesmo mês de 2017, foram 50 roubos. No acumualdo do ano, a redução foi de 14% em relação ao mesmo período do ano passado. (Folha PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Audiência Pública discute altos índices de acidentes de trânsito em Petrolina e região

Teve início na manhã desta terça-feira (18), na Câmara de Vereadores de Petrolina a Audiên…